Um rapaz de onze anos, não identificado pelas autoridades por ser menor, disparou e atingiu mortalmente uma menina de oito anos, McKayla Dyer. A tragédia ocorreu no sábado passado em White Pines, um  parque de campismo no Tennesseee, nos Estados Unidos da América.

Alegadamente, o rapaz terá ficado aborrecido com McKayla Dyer quando esta não lhe quis mostrar o cachorro, e na sequência do desentendimento terá usado a arma do pai para disparar sobre a menina, conta a Newsweek. O rapaz está detido no centro de detenção juvenil de Knox County, a aguardar que a família contrate os serviços de um advogado. “No Tennessee, o registo das armas de fogo não é obrigatório, é apenas necessário passar a na verificação de antecedentes, no momento da compra. Era uma espingarda comum usada para a caça. O pai tinha direito a comprar a arma legalmente”, explicou o xerife G.W. McCoig à  Newsweek.

Ainda não foi apurado como é que a criança acedeu à arma e como aprendeu a dispará-la.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR