Kodinhi é uma pequena cidade de Kerala, um estado no sudoeste da Índia, que tem uma característica especial: do conjunto de 2.000 famílias que habitam na região, há cerca de 250 pares de gémeos.

Kerala tem uma das mais altas taxas de nascimentos de gémeos do mundo, um fenómeno que nem a ciência, nem ninguém na cidade tem sido capaz de explicar.  Na cidade indiana, o número de gémeos é quase seis vezes mais do que a média  mundial, segundo o The Telegraph.

Jordi Pizarro, um fotógrafo de Barcelona, atualmente a trabalhar em Nova Deli,  leu sobre o fenómeno numa revista e quis ver fotografias dos gémeos, conta a National Geographic.

jordipizarro10

Amala e Vinala, de seis anos

Quando não conseguiu encontrar fotografias na internet decidiu deslocar-se a Kerala e tirar ele próprio as fotografias, pedindo aos gémeos que se vestissem de igual para a ocasião. Para chegar ao  resultado final, Pizarro tratou as imagens digitalmente – aplicou-lhes um filtro e um rebordo sépia –  com objetivo de as  “envelhecer” e simular retratos antigos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Aquilo que mais gosto nesta série é que quando olho para ela fico com a sensação de que é algo mágico,” disse Pizarro à National Geographic. “As fotografias parecem familiares, como um álbum de família”, acrescentou. Veja na fotogaleria acima os retratos que nos fazem crer que estamos a ver a dobrar.