Não tem sido um início de época fácil para Mourinho. O Chelsea ocupa, neste momento, o 16º lugar da liga inglesa, a apenas duas posições da linha de água, com 2 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. Esta situação já foi descrita pelo próprio como o pior momento da sua carreira.

Na última jornada, que terminou com uma derrota do clube londrino em casa contra o Southampton por 3-1, Mourinho protagonizou, na conferência de imprensa de rescaldo do jogo, um autêntico monólogo de sete minutos onde referiu, entre outras coisas, que se o Chelsea o despedir “perde o melhor treinador que já teve.”

Este momento do “Special One” já serviu de inspiração para um vídeo de paródia publicado no Youtube. Neste vídeo é feita uma pergunta: “De quem é a culpa pelo início desastroso?”. A resposta é, basicamente, toda a gente menos o próprio. Até que surge Roman Abramovich, líder dos “blues”, culpando José Mourinho. E aparece, inclusivamente, com um substituto: o inimigo de sempre de “Jose”, Arséne Wenger. Mas o melhor é mesmo ver o vídeo: