A nova atração da China, a ponte de vidro suspensa a quase 182 metros de altura inaugurada em setembro, está… a estilhaçar-se. Mesmo os turistas mais corajosos ficaram aterrorizados.

Haohan Qiao é o nome da ponte, localizada no Parque Geológico Nacional de Shiniuzhai, na província de Hunan (China). A administração do turismo chinesa já veio dizer que a ponte é segura, para acalmar os turistas, mas a verdade é que os relatos de quem estava na ponte na altura do incidente não são muito animadores.

Segundo o The Washington Post, alguns relatos revelam que alguém poderá ter deixado cair na ponte um objeto pontiagudo em aço inoxidável e que o vidro efetivamente rachou. “Quando eu estava quase no final da ponte senti um grande estrondo e um tremor debaixo dos meus pés”, disse uma turista à televisão China Net, de acordo com a Agência France-Presse. Para além disso, algumas pessoas terão começado a gritar e a correr para cada um dos lados da ponte.

As autoridades disseram em comunicado que “a equipa de segurança encontrou algumas pequenas rachadelas na saída da ponte de vidro durante a rotina de verificação”. “Uma inspeção constatou que as rachadelas foram provocadas por um objeto afiado”, acrescenta.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A ponte é constituída por três camadas de vidro extra forte e um deles tem fissuras. Apesar das várias declarações a informar que a situação não tem qualquer tipo de impacto na segurança, a verdade é que os turistas permanecem bastante céticos.

Um turista que terá estado na ponte quando ela rachou, Lee Dong Hai, escreveu no site online Weibo que as pessoas começaram a gritar. “Um monte de pessoas começou a gritar. Eu também gritei “está rachado” e então comecei a empurrar as pessoas à minha frente para que pudessemos correr para fora da ponte”, conta o The Washington Post.

Os funcionários do parque Mont Yuntai já vieram informar que a reparação já está em andamento e para que os turistas se sintam confiantes quanto à segurança da ponte suspensa, ela ficará fechada temporariamente.