Este domingo de manhã foi um domingo diferente para os surfistas em São João do Estoril. Especialmente para Gonçalo Lopes, que teve de fugir do mar quando deu de caras com um tubarão.

Segundo conta a revista dedicada a este desporto, a Onfire, Gonçalo Lopes foi surpreendido por uma espécie de tubarão raramente vista na costa portuguesa. O surfista contou à revista que quando “olhei para o lado esquerdo, o lado da praia da Poça, vejo uma coisa preta”. Na altura, não se preocupou com o que tinha visto, pensando que seria um “pato ou algo grande de plástico.” No entanto, quando a ondulação começou a passar por cima do “volume” Gonçalo Lopes viu “um tubarão de dois metros e meio.”

Eis o seu depoimento, recolhido por aquele site especializado em surf:

“Estava na Bolina a fazer surf, sozinho na água. Olhei para o lado esquerdo, o lado da Praia da Poça, e vejo uma coisa preta, uma “quilha” ao cimo de água. Inicialmente não liguei muito, achei que era um pato ou algo grande de plástico. Mas vejo aquilo a vir na direcção da Bolina e quando olhei para trás e começo a ver um volume “gigante”. Na altura ainda achei que era uma vaca morta ou algo assim. Olho outra vez e vejo uma quilha, perfeitamente a andar direitinha à minha volta. Entretanto veio um set, que passa por cima do volume e vejo perfeitamente um tubarão de dois metros e meio! Vejo o “bicho” e começo a remar que nem um maluco, entrei pelas pedras a dentro e saí da água. Nunca me tinha acontecido uma coisa destas. Já mergulhei com tubarões na Tailândia, mas eram inofensivos. Tirando isso nunca tinha estado dentro de água com um tubarão tão perto de mim. Que susto!”

Imediatamente, e depois de ver o animal, avisou todos os surfistas que estavam na água e todos fugiram para terra.

Recorde-se que durante o verão vários tubarões foram avistados na costa portuguesa, nomeadamente em Aveiro e na Madeira, obrigando, inclusivamente, ao encerramento de uma praia.