Os indicadores relativos à atividade económica e ao consumo privado voltaram a diminuir no mês de setembro, indicam os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

O indicador coincidente mensal para a atividade económica registou uma ligeira diminuição face ao mês anterior fixando-se em 0,7% (0,8% em agosto), “num contexto de relativa estabilização no período mais recente”.

Quanto ao indicador coincidente para o consumo privado, voltou a apresenta uma redução face ao mês anterior recuando para 1,8% (2,0% em agosto), depois de se manter inalterado na primeira metade do ano.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que refletem a variação homóloga do respetivo agregado económico.