Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Rui Rio estará em reuniões para avaliar a sua intenção de avançar ou não com a sua candidatura à Presidência da República, numa altura em que o país ainda não encontrou uma solução para o governo. A corrida a Belém, para Rui Rio, está agora mais difícil devido ao anúncio da candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa, na sexta-feira. Marcelo está está também melhor posicionado nas sondagens.

Segundo o JN, a equipa do ex-presidente da Câmara Municipal do Porto prevê bastantes dificuldades para que  Rui Rio avance neste momento, que não quer provocar divisões no partido. Rio é também apontado como um dos nomes possíveis para pastas como as da Administração Interna ou da Defesa, caso Passos Coelho venha a ser indigitado primeiro-ministro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR