Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não se confirma o caso suspeito de ébola, que esta quarta-feira levou ao internamento de um paciente no hospital Curry Cabral. Fonte oficial do Instituto Ricardo Jorge confirmou ao Observador tratar-se, afinal, de um caso de malária.

O doente deu entrada naquele hospital por volta das 17h30, numa ambulância do INEM, com os técnicos vestidos com os fatos de proteção brancos contra o vírus do ébola. Estava também acompanhado de inspetores do SEF. A chegada ao hospital aconteceu sob grande aparato, tendo o doente sido enviado para a área das doenças infecto contagiosas. Os exames que fez foram depois imediatamente enviados para o Instituto Ricardo Jorge, para serem avaliados e se fazer o despiste da doença.

Contactado, esta quarta-feira, pelo Observador, o Diretor Geral da Saúde, Francisco George, não quis adiantar informações sobre o caso, afirmando apenas que o paciente internado esta terça no hospital Curry Cabral, estava “a ser sujeito a exames”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR