O grupo de trabalho criado pelo Governo para assegurar a monitorização das ações decorrentes da fraude da Volkswagen volta a reunir-se hoje, no Ministério da Economia, e terá de apresentar um relatório até 02 de novembro deste ano.

O ministro da Economia, Pires de Lima, que preside à reunião, deixou na passada terça-feira uma mensagem de confiança no investimento que foi assinado há pouco mais de um ano com o Estado português e que está em execução na Autoeuropa: “não temos nenhum sinal da Volkswagen que possa por em causa o plano de execução que foi aprovado pelo Estado”.

O grupo de trabalho, criado pelo Governo português a 30 de setembro, é composto pelos secretários de Estado da Inovação, Pedro Gonçalves, dos Transportes, Sérgio Monteiro, e do Ambiente, Paulo Lemos e nele incluem-se também técnicos do Instituto da Mobilidade e Transporte e da Agência do Ambiente.