https://www.youtube.com/watch?v=HuIfwY_jzz8

Quem se mete com o Partido Conservador, leva!

O Mayor de Londres Boris Johnson não é Jorge Coelho (que celebrizou, no começo do século, uma frase semelhante em resposta ao então Bastonário da Ordem dos Advogados Pires de Lima), os conversadores britânicos não são o PS, mas, perdoem-nos uns e outros, a frase descreve como nenhuma outra este caricato episódio.

Boris Johnson está por estes dias no Japão numa visita de negócios, e ao terceiro dia de visita, convidado que foi a participar num jogo de mini-râguebi, fez por mostrar que os ingleses são bons de bola oval. O problema é que o seu oponente era um rapazinho japonês de 10 anos, Toki Sekiguchi. Johnson nunca foi brando na política interna — e também não o é no desporto de ocasião.

Acelerou pelo (curto) sintético acima, bola resguardada no braço, curvou-se para o embate (o “malogrado” Toki não o fez), e cá vai disto! O resultado foi Boris Johnson caído para um lado, Toki escangalhado para o outro, e nem ensaio Johnson fez. O Mayor levantou-se sozinho, levantou Toki a seguir, e disse-lhe “I’m sorry”. No final, conta o Guardian, Toki terá exclamado: “Sinto alguma dor, mas está tudo OK”.

É verdade que Toki foi abalroado por um adulto, mais coisa menos coisa, com uns sessenta quilos a mais do que ele, mas, para lhe ajudar a sarar feridas, Boris Johnson ofereceu-lhe uma bola oficial do Mundial de Râguebi 2015. Nem foi mau de todo.