Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Henriette Reker, candidata à câmara da cidade alemã de Colónia, foi gravemente ferida no pescoço este sábado por um homem de 44 anos, avançou a agência AFP. O incidente aconteceu num mercado da cidade, onde Reker fazia campanha eleitoral.

O agressor, após ter sido detido, “disse que cometeu o ato com uma motivação racista”, explicou Norbert Wagner, responsável da polícia de Colónia, numa conferência de imprensa em citação do site Yahoo News. Quatro outras pessoas foram feridas, “uma delas seriamente”, comentou Wagner.

Desde 2010, Reker é responsável pela pasta de assuntos sociais, integração e meio ambiente de Colónia, a quarta maior cidade da Alemanha com cerca de 980 mil habitantes.

O atentado ocorreu no contexto de crescente tensão no país pela crise dos refugiados. Angela Merkel viaja este domingo à Turquia para se encontrar com o presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, na procura de soluções para o problema.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR