O jovem de 24 anos que morreu hoje a bordo de um avião que ligava Lisboa a Dublin era de nacionalidade portuguesa, estando ainda por apurar a causa da morte, disse à agência Lusa fonte da polícia irlandesa.

“O jovem é português”, disse à agência Lusa Tony Connaughton, sargento da polícia irlandesa (Gardaí), acrescentando que a causa da morte está a ser investigada.

Sem saber qual era a nacionalidade do passageiro, a informação da sua morte começou por ser divulga pela televisão pública irlandesa (RTE), que descrevia que o jovem português começou por se sentir agitado, tendo acabado por morrer a bordo de um voo da Aer Lingus, que ligava Lisboa a Dublin, obrigando o piloto a declarar uma emergência médica e a aterrar no aeroporto de Cork, pelas 17:40.

De acordo com a RTENews, o voo teve de ser desviado para o aeroporto de Cork, depois de declarada emergência médica. Um homem de 25 anos começou a ficar agitado, depois de cerca de uma hora de voo. Um outro passageiro tentou ajudá-lo, mas acabou por ser mordido pelo jovem.

Posto isto, o homem acabou por ser preso pela tripulação, por motivos de segurança. Pouco depois, entrou em convulsões e acabou por morrer.