O espanhol Marc Marquez (Honda) venceu este domingo a corrida de MotoGP do Grande Prémio da Austrália, num dia em que o português Miguel Oliveira (KTM) alcançou o quarto triunfo em Moto3, subindo a segundo no Mundial do ‘escalão’.

Na categoria ‘rainha’, Marquez ganhou a quinta corrida da época, superando o compatriota Jorge Lorenzo (Yamaha) e o italiano Andrea Iannone (Ducati), os outros dois pilotos que subiram ao pódio.

Com o segundo lugar na pista de Phillip Island, e quando faltam apenas duas provas para o fim do Mundial, Lorenzo reduziu a distância na classificação dos pilotos para o italiano Valentino Rossi (Yamaha), quarto na corrida australiana.

Quando restam os grandes prémios da Malásia e Valência, Espanha, Rossi lidera o Mundial de pilotos com 296 pontos, mais 11 que Lorenzo, enquanto Marc Marquez segue mais distante, com 222 pontos.

Na corrida de Moto2, uma categoria cujo novo campeão, o francês Johann Zarco (Kalex), já ficou definido na corrida anterior, no Japão, o espanhol Alex Rins alcançou o segundo triunfo na época, subindo ao segundo lugar do Mundial.

Rins aproveitou também a ausência forçada do espanhol Esteve ‘Tito’ Rabat, que sofreu uma queda ainda nos treinos livres, optando por regressar a Espanha, para se fixar no segundo posto do Mundial, agora com 214 pontos, mais oito que o seu compatriota.

Na primeira corrida do dia, Miguel Oliveira subiu pela quarta vez ao mais alto lugar do pódio, superando o espanhol Efrén Vázquez (Honda) e o sul-africano Brad Binder (KTM).

Com o triunfo na corrida, muito acidentada e concluída apenas por 19 pilotos, e a duas provas do final do Mundial, o piloto português, de 20 anos, ascendeu ao segundo lugar do Mundial, estando a 40 pontos do britânico Danny Kent (Honda), atual líder do campeonato.

Único português que já conseguiu subir ao pódio no Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade, Miguel Oliveira somou hoje a quarta vitória na atual temporada, depois das conquistas em Itália, Holanda e Espanha (Grande Prémio de Aragão).

No próximo ano, Miguel Oliveira será ‘promovido’ à categoria de Moto2, escalão intermédio, ao serviço da Leopard Racing.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR