Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Uma mulher está desaparecida depois de dois tanques de água terem rebentado e de a enxurrada a ter arrastado, no Campanário (Madeira). Há a possibilidade de o corpo ter sido levado até ao mar, por isso as buscas também estão a acontecer na costa.

De acordo com as explicações de Ricardo Nascimento, presidente da câmara da Ribeira Brava, à Agência Lusa, a mulher na casa dos 60 anos foi levada quando os dois tanques rebentaram por terem água a mais, devido à precipitação que se sente na região.

A Proteção Civil está no local para recuperar o local, enquanto as autoridades procuram a mulher. As buscas devem prosseguir enquanto as condições climatéricas o permitirem, mas o arquipélago da Madeira está sob alerta laranja devido aos aguaceiros fortes e trovoada. O Instituto Português do Mar e Atmosfera vai manter o alerta pelo menos até às 15h. A partir daí, baixa para o nível amarelo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR