É oficial. O homem mais rico do mundo, segundo a nova lista lançada pela Forbes, é o dono da Zara, Amancio Ortega, que rouba o primeiro lugar ao fundador da Microsoft, Bill Gates, avança o El País.

A Forbes, atualizou o seu ranking esta sexta-feira, depois de ter avaliado a fortuna de Ortega em cerca de 71.7 mil milhões de euros, superando os atuais 68 mil milhões de euros de Gates. As ações da multinacional Inditex (detentora da Zara), presidida por Paul Isla, registaram um novo recorde, fazendo aumentar a fortuna do seu fundador espanhol, Amancio Ortega.

A fortuna é avaliada não só de acordo com as ações da empresa, mas também são listados os bens imóveis e outras sociedades, o que explica, em parte, o facto da lista da Bloomberg ainda não considerar Ortega como o mais rico do mundo.

Ortega tem uma participação de 59,29% no controlo do grupo Inditex, que está avaliado em cerca de 62,300 mil milhões de euros, cujo preço por ação atingiu esta sexta-feira os 33,70 euros. O valor do grupo, no mercado de ações, tem aumentado nos últimos anos.

Como começou a fortuna de Ortega?

O El País conta que Ortega decidiu abrir a primeira loja da Zara em 1975. O enorme sucesso da Zara permitiu abrir mais lojas nas principais cidades espanholas. As primeiras fábricas da Zara foram instaladas em Arteixo, perto da Corunha, na Galiza, onde também abriu o primeiro centro de logística em 1984. Passado um ano, em 1985, foi fundado o grupo Inditex, como o conhecemos hoje. A internacionalização começou em 1988, ano em que Ortega abriu a sua primeira loja em Portugal, na Rua de Santa Catarina, no Porto. Chegou a Nova Iorque em 1989 e em Paris logo depois, em 1990.

Atualmente, o grupo Inditex, que detém marcas como Massimo Dutti, Bershka, Oysho, Pull and Bear, Stradivarius, Zara, Tempe ou Uterqüe, está presente em mais de 80 países, tem perto de 7.000 lojas e emprega mais de 140.000 mil trabalhadores.

Amancio Ortega fez render o capital que conseguiu construir através do grupo Inditex, investindo alguns dividendos no setor imobiliário espanhol, mas tem também grandes investimentos em Londres.

Uma fortuna em expansão

Recentemente o El País noticiou a abertura de uma nova Zara no (novo) World Trade Center em Nova Iorque. O presidente e CEO do grupo, Paul Isla, confirmou que um dos objetivos é expandir a loja da 5th Avenue (Quinta Avenida).

“Se queremos ser os melhores temos de competir onde se faz o melhor”, disse Paul Isla. Revelou que no mês de setembro a Inditex abriu mais de um dúzia de lojas em todo o mundo, destacando tanto a rápida progressão nos Estados Unidos, como no mercado chinês, onde o crescimento da classe média e senso de moda, segundo ele, permitiram ao grupo abrir a sua primeira loja em Xangai em 2006, e agora já contam com mais de 500 no País.

Paul Isla apontou Amancio Ortega como a chave de sucesso do grupo. “É empreendedor, inconformado, ambicioso, humilde e com grande orientação comercial e iniciativa, que gere tudo como se fosse uma pequena empresa sem esquecer que ela é uma grande empresa.”