Sebastian Vettel ficou mais longe de impedir o título de Lewis Hamilton no Mundial de Fórmula 1, depois de a Ferrari sofrer uma penalização de dez lugares na grelha de partida do Grande Prémio dos Estados Unidos.

Os Ferrari do alemão e do finlandês Kimi Raikkonen vão perder dez postos na saída do GP deste fim de semana, que se disputa em Austin (Texas), uma vez que a escuderia italiana vai trocar os motores para correr as últimas quatro provas do calendário, incluindo a do circuito das Américas.

“Vamos perder dez lugares, mas sempre esteve nos planos, pelo que não é nenhum segredo nem surpresa para nós. Se olharem só para esta corrida parece que não são boas notícias, mas temos de olhar para todo o projeto, para a temporada toda. O que procuramos é ter um motor fresco aqui com vista ao resto da época”, disse o tetracampeão mundial.

Vettel é segundo no mundial de pilotos a 66 pontos do líder, Lewis Hamilton (Mercedes), quando ainda estão 100 pontos em disputa.

O alemão da Ferrari precisa de terminar em segundo lugar, caso Hamilton vença o GP dos Estados Unidos no domingo para impedir o britânico de conquistar o título.