Carlos Cruz poderá ter a primeira saída precária desde que está preso daqui a um mês, noticia a SIC. Durante três dias, o ex-apresentador de televisão pode sair da prisão onde está a cumprir dois terços da pena de seis anos a que foi condenado por abuso sexual de menores da Casa Pia.

Em dezembro, quando Carlos Cruz já tiver cumprido esse período na prisão, poderá ficar em regime de liberdade condicional. Como não admitiu a culpa nas acusações que enfrenta no caso Casa Pia, o ex-apresentador não pode sair da prisão da Carregueira em liberdade condicional em fevereiro deste ano, por decisão do Tribunal de Execução de Penas.

A saída precária de Carlos Cruz ainda não foi confirmada, porque o Ministério Público pode recorrer da nova decisão do Tribunal e impedir que o preso 706 da Carregueira saia por três dias.