O Governo decidiu autorizar a imediata utilização dos fundos de emergência municipal, de socorro social e da conta de emergência para minimizar os prejuízos provocados pela intempérie que afetou o município de Albufeira no passado domingo.

O ministro da Administração Interna, Calvão da Silva, afirmou hoje que o Conselho de Ministros aprovou uma resolução “para se poder lançar mão dos recursos legais existentes que estão desde já disponíveis”, referindo que “agora é necessário que o processo de quantificação dos danos seja uma realidade”.

Na conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, Calvão da Silva reforçou que a decisão Governo permite “a imediata utilização do dinheiro destas três fontes” – fundo de emergência municipal, fundo de socorro social e conta de emergência.