O autoproclamado Estado Islâmico escreveu mais uma página na campanha de terror que tem chocado o mundo inteiro. Quando parece ser impossível maior choque e violência os militantes do ‘Daesh’ esforçam-se para conseguirem o impensável.

O vídeo, que se acredita ter sido filmado em agosto de 2014, foi agora partilhado na Internet. Nele mostram-se 200 crianças sírias deitadas, com a cara encostada ao chão, umas ao lado das outras e voltadas de costas para os homens armados. 

estado islamico 2

As imagens foram publicadas pelo jornal britânico Daily Mail mas com o som cortado e com as crianças distorcidas. Cerca de 12 homens, militantes do Estado Islâmico e armados com pistolas e armas automáticas, começaram a disparar matando todas as 200 pessoas em pouco mais tempo do que alguns segundos.

Ao que tudo indica esta situação ocorreu junto à base aérea de Tabqa, na Síria, depois de os jihadistas terem ocupado a zona.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Este assassinato em massa é mais uma ação de campanha jihadista. Anteriormente já tinham sido publicados vídeos de decapitações, execuções ou de homens atirados do topo de edifícios.