Portugal desceu no ranking dos países mais solidários do mundo, passando do 78ª lugar para o 82º. O World Giving Index 2015, um relatório anual que avalia ações de solidariedade de cidadãos dos 145 países estudados, assenta em três categorias, segundo explica o jornal The Guardian: a ajuda a cidadãos estrangeiros, a doação de dinheiro para fins de caridade e o tempo despendido em ações de voluntariado.

Portugal mantém-se atrás de países europeus como a Holanda (7º), Irlanda (9º), Reino Unido (6º), Alemanha (20º), Espanha (58º) e Itália (72º). E foi ainda ultrapassado pela França, que, no espaço de um ano, subiu do 90º lugar para a 74ª posição.

No apoio a cidadãos estrangeiros, os portugueses encontram-se nos primeiros 70 lugares do ranking: na 66ª posição, mais especificamente. Porém, quanto à percentagem de cidadãos nacionais que doam dinheiro para fins de caridade, Portugal fica apenas na 85ª posição. E os resultados são ainda piores no que toca à proporção de portugueses que fazem voluntariado: o país fica no 91º lugar, entre os 145 países estudados.

O relatório é publicado pela fundação britânica Charities Aid Foundation, e reúne dados compilados anualmente pela Gallup, uma empresa norte-americana.

Veja as imagens para saber quais os países que se encontram no top 10 do ranking, que é liderado pelo Mianmar. Fica a nota: apenas três são europeus.