O suíço Stanislas Wawrinka venceu esta quarta-feira o espanhol David Ferrer, por 7-5 e 6-2, na segunda jornada do grupo Ilie Nastase, resultado que depois da vitória de Nadal sobre Murray apurou o maiorquino para as meias-finais.

O suíço não teve um bom início de jogo e precisou de recuperar de uma desvantagem 5-2, salvando pelo meio um ponto de ‘set’, para levar a melhor numa primeira partida que terminou com cinco jogos consecutivos do suíço.

A tarefa foi bem mais acessível no segundo parcial. Ferrer não mais conseguiu ‘incomodar’ Wawrinka e logo no jogo de entrada perdeu o jogo de serviço. Foi o primeiro de dois ‘breaks’ concretizados pelo suíço, que fechou o encontro ao terceiro ‘match-point’, em 1:33 horas.

No primeiro jogo do dia, o espanhol Rafael Nadal, quinto do ATP, venceu o britânico Andy Murray, segundo da hierarquia, por esclarecedores 6-4 e 6-1 e subiu à liderança do grupo Ilie Nastase.

Depois de um ano menos positivo, o maiorquino parece ter recuperado o nível habitual nos últimos torneios do ano e conquistou a segunda vitória em dois jogos no Masters. A vitória sobre Murray foi a primeira de Nadal frente a um jogador top-3 (Djokovic, Federer ou Murray) em 2015.

Depois de um primeiro ‘set’ equilibrado, o espanhol não desperdiçou a oportunidade de ‘quebrar’ o serviço do britânico no décimo jogo, que lhe permitiu desde logo fechar o primeiro parcial.

Desde então, Murray não mais ‘encontrou’ o seu ténis e acabou por ceder um fácil segundo ‘set’ perante o acerto do espanhol. Foi quebrado por duas vezes e acabou derrotado após 1:33 horas.

Na última ronda do grupo, na sexta-feira, Nadal, já apurado, mede forças com o compatriota David Ferrer, já eliminado, enquanto Andy Murray joga frente a Stan Wawrinka para discutir uma vaga nas meias-finais do torneio.