Se existe um elixir da juventude então este homem turco, Kazim Gürbuz, certamente que teve acesso a ele. Quem diria que tem 95 anos? Kazim nasceu nos anos 20 e a verdade é que a sua aparência jovem podem confundir os mais distraídos. Mas esta jovialidade não aconteceu apenas por sorte. Kazim segue religiosamente várias regras, segundo o El Confidencial.

Yoga. É essa a primeira palavra mágica. Superalimentos é a segunda.

O turco nada todas as manhãs, mas antes disso faz uma “salvação ao sol”, a posição com que dá início às práticas de yoga, um modo de aquecimento que consiste em esticar e relaxar a coluna. Depois parte para exercícios mais completos e complexos, que devem ser controlados por uma respiração muito precisa. O exercício de suster a respiração durante quatro ou cinco minutos fornece mais energia e amplifica a capacidade dos pulmões, garante.

Há outra disciplina santa: a alimentação. Com quase 100 anos de existência, Kazim Gürbuz é vegetariano e faz a sua alimentação à base de azeitonas, feijão, ervas aromáticas, vegetais, sopa e mel, que ele próprio produz. Sobre a sua dieta alimentar Kazim não tem dúvidas: “É muito menos prejudicial que a carne, que envenena o nosso corpo e nos vai matando”.

Mas o turco garante que não é apenas a alimentação que contribui para a sua juventude. A sua capacidade mental e a sabedoria de viver a vida intensamente são fatores que Kazim não desperdiça.

Kazim revela que passamos demasiado tempo sentados em frente a um computador e que aproveitamos pouco o ar livre, o sol e que andamos sempre demasiado absorvidos pelo ciclo vicioso de horários, que atrapalha e que não nos deixa aproveitar os pequenos momentos do dia-a-dia.

O turco deixa a interrogação: “Será que fazemos tudo quanto poderíamos para ter uma vida mais relaxada e natural?”.

O turco Gürbuz garante que não fica por aqui. A meta são os 130 anos, se não forem mais.