Uma mulher matou sete pessoas e deixou feridas outras oito num ataque à bomba em Maiduguri, na Nigéria este domingo de manhã. A notícia é avançada pelas autoridades nigerianas que relacionam a bombista-suidida ao grupo de terroristas Boko Haram.

As autoridades nigerianas começaram a rastrear algumas das pessoas deslocadas do estado que chegaram à cidade, mas foi exatamente quando começaram a rastrear aquela mulher, que ela levou a cabo o ataque. “Quando começou o rastreio, uma mulher com explosivos amarrados fez-se explodir” e atingiu outras pessoas, conta o comissário da Polícia Aderemi Opadokun, citado pela Bloomberg.

O rastreamento destas pessoas tem sido uma árdua tarefa da polícia nigeriana, tendo em conta que com os ataques constantes do Boko Haram, são muitas as pessoas que saem das suas casas à procura de um local mais seguro.

O grupo Boko Haram tem levado a cabo vários ataques terroristas na Nigéria e controla parte do território. Desde o início da sua atividade, em 2009, estes terroristas já mataram milhares de pessoas.