Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

As escolhas das estrelas nos American Music Awards 2015, cerimónia que se realizou no passado domingo em Los Angeles, foram tão aplaudidas quanto criticadas. A MTV conta que a cantora Selena Gomez foi a surpresa da noite ao lado de Gigi Hadid. Depois de deslumbrar com as suas longas madeixas no Victoria’s Secret Fashion Show, a modelo surpreendeu o público com uma peruca que fazia supor que tinha cortado o cabelo acima dos ombros (e um conjunto bastante revelador). 

Por falar em surpresas, Kendal Jenner seguiu o exemplo da melhor amiga Gigi e apareceu de franja, ao lado da irmã Kylie Jenner — também ela eleita uma das mais bem vestidas da noite. Entre o lote das piores está Gwen Stefani com um vestido preto “que dá medo”, afirma o The Guardian. Já Jennifer Lopez pode não ter deslumbrado na passadeira vermelha com o seu vestido cheio de aberturas, mas conquistou o público assim que subiu ao palco como apresentadora do evento.

No que aos prémios diz respeito, a banda One Direction voltou a conquistar a distinção de “Artista do Ano”, pela segunda vez consecutiva, e Ariana Grande foi considerada a “Artista feminina de Pop/Rock” de 2015. Celine Dion não venceu nenhum prémio mas protagonizou o momento alto da noite ao prestar tributo às vitimas dos atentados de Paris.

Texto editado por Ana Dias Ferreira.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR