A recessão que afetou a Rússia devido à queda do preço do petróleo e das sanções ocidentais relacionadas com a crise ucraniana “terminou”, declarou hoje o ministro da Economia, Alexei Ulyukaev.

“A recessão da economia russa terminou”, disse o ministro, citado pelas agências noticiosas russas.

O ministro disse ainda que este ano é esperada uma redução do produto interno bruto (PIB) de “3,9%, talvez menos, 3,7%”.

Segundo a agência de estatísticas Rosstat, o PIB recuou 4,1% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período de 2014, depois de uma queda de 4,6% no segundo e de 2,2% no primeiro trimestre.

As previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial indicam que o PIB da Rússia pode ainda baixar ligeiramente no próximo ano, mas o governo russo aponta para uma recuperação de 0,7%.