Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

“Preloved”, traduzido à letra, significa algo que já foi amado previamente. No contexto do mercado que acontece este sábado em Lisboa, significa também algo que já foi usado anteriormente. São por isso de esperar peças em segunda mão mas bem estimadas no mercado de roupas para bebés e crianças que se instala na Fábrica XL, na LX Factory, no próximo dia 28 de novembro. 

Entre as 10h00 e às 19h00, o PRELOVED – Baby & Kids Market promete obrigá-lo — de uma vez por todas — a desfazer-se daquilo que os seus filhos já não usam e a renovar o armário com roupas à procura de uma segunda casa. “Destina-se a mães que querem vender e comprar peças que já foram amadas e continuarão a ser”, explica Sofia Miranda, de 28 anos, uma das responsáveis pelo mercado e que se inclui no grupo de mães que já usam a internet para o efeito.

Outra das responsáveis, Maria Bello, concorda. “O Preloved vem dar um rosto e um espaço físico a esta nova forma de comprar.” Por isso, a primeira edição deste mercado de venda de roupas até crianças com 12 anos vai ter algumas lojas de artigos complementares (acessórios e mobiliário) e uma zona de street food com presenças como o The Smokery. Para oferecer uma experiência completa à família, ainda vão fazer parte do evento atividades como ioga para bebés e pinturas faciais.

“Pense em toda a roupa dos seus filhos que tem no armário ou na arrecadação, em ótimo estado e que continua arrumada, porque já não serve, nem utilizou ou simplesmente nem se lembra dela”, diz Sofia Miranda. “Pretendemos dar um novo ciclo às roupas das crianças rentabilizando-a, revalorizando-a e reciclando-a com estilo.” 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Afinal, esta roupa tem mais de amada do que usada. 

O quê: PRELOVED — Baby & Kids Market
Onde: Fábrica XL, na LX Factory, Lisboa (vendacomestilo@preloved.pt)
Quando: 28 de novembro, das 10h00 às 19h00
Preço: Entrada gratuita (só a presença enquanto expositor é que carece de inscrição).

Texto editado por Ana Dias Ferreira.