Rádio Observador

Brasil

Empresário próximo de Lula preso sob suspeita de ilegalidades no caso Petrobras

José Carlos Bumlai, amigo do ex-Presidente Lula da Silva, foi preso sob suspeita de cometer ilegalidades em contratos com a Petrobras e de os utilizar para financiar o Partido dos Trabalhadores.

LUSA

O empresário José Carlos Bumlai, amigo do ex-Presidente Lula da Silva, foi preso sob suspeita de cometer ilegalidades em contratos com a Petrobras, durante a 21.ª fase da Operação Lava Jato.

Bumlai é acusado pelo Ministério Público Federal brasileiro de utilizar contratos assinados com a petrolífera brasileira para saldar empréstimos bancários destinados a financiar o Partido dos Trabalhadores (PT), que tem entre os filiados Lula da Silva e a actual Presidente, Dilma Rousseff.

Segundo informações do Ministério Público divulgadas pela imprensa brasileira, empresas do grupo Schahin, o mesmo do banco que realizou o empréstimo a Bumlai, obtiveram o contrato de operação de um navio-sonda da Petrobras sem qualquer concurso.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)