Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

agenda-outono-norte

Sérgio Godinho e Jorge Palma, que nos últimos meses têm partilhado o palco e o repertório num espetáculo especial, editam em dezembro um álbum e um DVD gravados ao vivo. Mas se puder vê-los efetivamente ao vivo, tanto melhor. Essa oportunidade chega sexta-feira, às 21h30, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. Os bilhetes para ver dois dos mais importantes músicos e compositores portugueses custam uma nota de 10 euros.

Mentiras e Outras Verdades é como se chama a exposição que o artista plástico Martinho Dias inaugura no sábado às 16h00 na Galeria 5, a única galeria de arte a funcionar neste momento em Guimarães. Na tela vai estar o quotidiano misturado com a imaginação.

Durante dois anos e oito meses, o Porto pôde aproveitar inúmeros eventos culturais no Edifício AXA, na Avenida dos Aliados. Chegada a hora de devolver o edifício aos seus proprietários e escolher novo poiso, a Câmara Municipal do Porto assinala a despedida com 12 horas de festa. No sábado, entre as 16h00 e as 04h00, haverá concertos (alguns nas varandas do edifício), DJ sets, instalações (no interior e na fachada), performances, oficinas para crianças e workshops, distribuídos por sete pisos. Também regressa o Up Street Porto, mercado que junta obras de mais de 20 artistas de street art e da ilustração. A entrada é gratuita e pode consultar aqui o programa completo.

o animador

O espetáculo “O Animador” terá música original tocad ao vivo por Legendary Tigerman (à direita, ao fundo). ©José Caldeira / TMN

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Paulo Furtado vai estar no Teatro Municipal do Campo Alegre na pele de Legendary Tigerman. Mas, apesar de estar a tocar música ao vivo, não é de um concerto que estamos a falar. O Teatro Experimental do Porto apresenta o espetáculo “O Animador“, com texto de John Osborne, interpretações de António Júlio, Iris Toivola Cayatte, João Pedro Vaz, Manuel Nabai e Maria do Céu Ribeiro, e, sim, música ao vivo original do autor de Femina, que como sempre estará acompanhado da sua inseparável guitarra. A não perder quinta, sexta e sábado às 21h30 e domingo às 17h00. A entrada custa 7,50 euros.

Falta menos de um mês para o Natal, altura certa para o Porto se vestir a preceito. As iluminações natalícias acendem-se “em mais de 40 ruas e praças da cidade” a partir desta sexta-feira, promete a Câmara Municipal do Porto. O momento será simbolicamente assinalado nos Aliados, às 21h30, junto à Árvore de Natal, que será ligada com fogo-de-artifício, seguida de um concerto dos Retimbrar e depois da abertura da pista de gelo que, até 27 de dezembro, ocupará a placa inferior da Avenida dos Aliados.

“Uma viagem onírica através do tempo e do espaço, onde as várias dimensões da arte — música, fotografia, vídeo e pintura — se fundem”. Com esta descrição, o evento “Circo Voador“, que vai ocupar o Plano B na noite de sexta-feira, já conseguiu conquistar a nossa atenção. Os destaques do cartaz vão para Nuno Lopes, Sininho, Stevie & Angelo B. A entrada custa 7,50 euros, cinco dos quais consumíveis.

agenda-outono-centro

A 21.ª edição do festival Caminhos do Cinema Português começa esta sexta-feira, em vários espaços de Coimbra. Até 5 de dezembro vão ser mostrados 59 filmes, todos nacionais: 8 animações, 14 documentários, 29 curtas e 8 longas-metragens. Na secção de competição, por exemplo, vai estar a trilogia de Miguel Gomes, “As Mil e Uma Noites” e a primeira longa de João Salaviza, “Montanha”. Entre os documentários, encontramos “Portugal — Um Dia de Cada Vez” de João Canijo e Anabela Moreira, “João Bénard da Costa — Outros Amarão As Coisas Que Eu Amei”de Manuel Mozos e “A Torre” de Salomé Lamas.

Os portugueses Cave Story ‘jogam’ em casa no sábado, que e como quem diz, dão música à cidade que os viu nascer, as Caldas da Rainha. Com o EP Spider Tracks, lançado em fevereiro, o trio formado por Gonçalo Formiga, Pedro Zina e Ricardo Mendes chamou a atenção e desde aí não tem parado. Quem também não vai parar de cantar “If Richman is God/ We’re saved, he must be the king of them all” vão ser os melómanos que decidirem ir ao bar Maratona, às 22h30.

agenda-outono-sul

A zona da Avenida da Liberdade, em Lisboa, vai estar muito congestionada nas noites de sexta-feira e sábado. Não por carros, mas por milhares de festivaleiros que vão ao Vodafone Mexefest ver concertos de nomes como Benjamin Clementine, Patrick Watson, The Villagers ou Peaches. Ao todo são 61 bandas, mas o Observador destaca aqui alguns dos nomes obrigatórios. O passe para os dois dias custa 45 euros se comprado antecipadamente, ou 50 euros no dia.

Já agora, Benjamin Clementine, britânico que parece feito de poesia e musicalidade, também atua em Faro no sábado, às 21h30. Se estiver no Algarve e só puder fazer uma coisa, não deixe de ir ao Teatro das Figuras ouvir o triunfo do talento, encarnado em canções como “Cornerstone” ou “Nemesis”.

Quando Bruno Nogueira e Miguel Guilherme se juntam em palco, o melhor a fazer é correr para a bilheteira e reservar um lugar. Os dois podem ser vistos no Casino Estoril com a peça “O meu vizinho é judeu“. Escrita por Jean-Claube Grumberg, aqui com encenação de Beatriz Batarda, nem adianta perguntar quem é o judeu que dá título a esta comédia. A curiosidade pode ser satisfeita de quinta-feira a sábado às 21h30 e aos domingos às 17h00. Os bilhetes custam 16 euros.

Em maio, Maria Guedes, consultora de imagem e responsável pelo blogue Stylista, organizou o “Summer Market”, com quase uma centena de marcas portuguesas concentradas em torno do bom gosto. Agora que o frio pede mais roupa (e que o Natal está tão perto), Maria Guedes organiza no Centro Cultural de Belém o “Winter Market“, com 80 marcas, na sua maioria de design e produção nacional, com vestuário para homens, mulheres e crianças, acessórios, mas também comida e artigos de decoração. Para espreitar sábado e domingo, entre as 10h00 e as 19h00. A entrada custa três euros.

No fim de semana há mais dois mercados a ter em conta. Um deles é o habitual Mercado de Natal do Campo Pequeno, com uma variedade de produtos que vão do artesanato ao gourmet. A entrada custa um euro. O outro é organizado pela associação cultural Chivari e chama-se DIY Market of Lisbon. Criado sob a máxima do it yourself, para a primeira edição a Chivari promete valorizar “o artesanato urbano, a criação artística, os negócios pessoais e a criatividade dos seus autores”. Nada de produtos em segunda mão. Pode visitá-lo no sábado e no domingo, entre as 11h00 e as 20h00, no número 35 da Travessa Pereira, na Graça, em Lisboa, com entrada livre.

o meu vizinho é judeu bruno nogueira miguel guilherme

Bruno Nogueira e Miguel Guilherme estão com a comédia “O meu vizinho é judeu” no Estoril

O Amadora BD já terminou mas, felizmente, a banda desenhada no concelho não se foi com o final do festival. Esta quinta-feira inaugura a exposição “BD Facebook – a culpa é do like“, na Bedeteca, um reflexo original sobre o uso da internet, em particular do Facebook, como berço da publicação de banda desenhada. Baseada no trabalho de Sara-a-dias, Fernando Caeiro (As crianças são muito infantis), Miguel Montenegro (Psicopatos – Entre loucos, quem tem juízo é pato) e do autor anónimo que criou o fenómeno A Criada Malcriada, a entrada é livre.

Quando o Natal se começa a aproximar, começam a chegar também as companhias de bailado internacionais com propostas como “O Quebra-Nozes” ou “O Lago dos Cisnes“. Ora, o Russian Classical Ballet traz ambos: o primeiro pode ser visto esta sexta-feira no Cine-teatro Joaquim de Almeida, no Montijo, às 21h30 (25 euros); o segundo chega ao Coliseu dos Recreios no domingo, às 17h00 (entre 22 e 35 euros).

A próxima viagem literária da Porto Editora tem paragem no Teatro Pax Júlia, em Beja, sábado, às 17h00. É lá que se vão encontrar o escritor Mário Cláudio e músico e escritor Sérgio Godinho para uma conversa à qual o público é convidado a assistir. O momento é de entrada livre.

agenda-outono-ilhas

Vinhos de todo o país, provas comentadas, workshops, show cooking e jazz concentram-se entre sexta-feira e domingo no Centro de Congressos do Casino da Madeira, para a quarta edição do evento Essência do Vinho. Ao todo, vão estar cerca de mil vinhos, representados por uma centena de produtores. E, sim, não vão faltar degustações. A entrada de um dia no Essência do Vinho Madeira custa 12 euros por pessoa e inclui copo de provas; a entrada de três dias custa 25 euros.