A economia da Grécia contraiu-se 0,9% no terceiro trimestre do ano, face aos três meses anteriores, segundo dados ajustados da sazonalidade e publicados hoje pelo gabinete de estatísticas grego (Elstat).

Na sua primeira estimativa, avançada há duas semanas, o Elstat tinha estimado uma queda de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) grego.

Em comparação com o terceiro trimestre de 2014, o PIB reduziu-se 1,1%, praticamente o triplo do valor que tinha sido indicado na primeira estimativa, de 0,4%.

O gabinete de estatísticas explicou que as diferenças entre os dados preliminares divulgados há duas semanas e os de hoje prendem-se com a ausência de alguns dados relevantes na primeira estimativa, como a balança de pagamentos de setembro, o volume do negócio no setor dos serviços e os dados do desemprego atualizados.

O país registou dois trimestres de crescimento este ano, antes das medidas para impor controlo de capital tomadas a 29 de junho e que ainda se mantêm.

O Governo grego estima para este ano conseguir um crescimento económico nulo e para 2016 prevê uma recessão de 0,7%.