Uma página da Internet propagandista do Estado Islâmico, e presente na chamada “deep web”, foi pirateada e nela foram colocados anúncios de Viagra e do antidepressivo Prozac para os jihadistas “se acalmarem”.

O ataque foi reivindicado, à boa maneira terrorista, pelo grupo “Ghost Security Group”, dá conta o Daily Mail. Na mensagem que acompanhava o anúncios aos medicamentos podia-se ler: “Melhorem a vossa calma. Há muitas pessoas com isto do ISIS. Por favor contemplem este anúncio adorável para que possamos melhorar a nossa infraestrutura para vos oferecer o conteúdo que vocês todos tão desesperadamente anseiam.” 

2ECD49D300000578-3333608-image-m-99_1448463799215

Esta é a página original de propaganda do Estado Islâmico. DAILY MAIL

2ECD49D900000578-3333608-image-m-100_1448463817290

E assim ficou a página do ‘Daesh’ depois de ter sido pirateada. DAILY MAIL

Este é, ao que tudo indica, a primeira vez que uma página da chamada “deep web” é pirateada. Esta zona online representa, aproximadamente, 94% do conteúdo disponível online mas não é associado a nenhum motor de busca como a Google. 

O ataque ao site jihadista acontece uma semana depois da declaração do grupo de piratas informáticos Anonymous a declarar guerra informática ao autoproclamado Estado Islâmico.