Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O primeiro livro ilustrado da saga Harry Potter vai ser publicado em Portugal a 15 de dezembro, anunciou a Editorial Presença. Harry Potter e a Pedra Filosofal conta com 100 ilustrações de Jim Kay, vencedor do prémio de ilustração Gate Greenway Medal.

Foi em 1999 que chegou a Portugal a primeira história de J.K. Rowling protagonizada por um menino inglês de olhos verdes e cicatriz na testa em forma de raio. Quem leu recorda-se que, no dia do seu 11.º aniversário, um gigante chamado Rubeus Hagrid aparece e entrega-lhe uma carta com notícias que vão mudar a sua vida para sempre: Harry Potter é um feiticeiro.

Leitores de todo o mundo imaginaram os personagens e os locais, desde a estação de King’s Cross ao Castelo de Hogwarts. Para aqueles que preferem um livro mais vivo visualmente, a chegada da versão ilustrada de Jim Kay é uma boa notícia.

harry potter ilustrado

O livro tem 248 páginas e custa 34,90 euros

Nesta edição cartonada, o ilustrador baseou-se nas descrições do livro para criar 100 ilustrações ao longo da história. Todas aprovadas pela mulher que idealizou uma das histórias mais populares dos últimos anos. “Tocaram-me profundamente”, pode ler-se em comunicado. “Adoro a sua interpretação do mundo de Harry Potter. Sinto-me grata e honrada por ele lhe ter emprestado o seu talento”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em baixo pode ver uma das ilustrações do momento em que Harry Potter, acabado de chegar a Hogwarts, experimenta o chapéu selecionador, que irá determinar qual a equipa onde o feiticeiro será integrado.

chapeu selecionador harry potter

O chapéu selecionador dos caloiros de Hogwarts. © JIM KAY/BLOOMSBURY

Esta é a cabana de Hagrid, onde Harry Potter, assim como Ron Weasley e Hermione Granger irão passar muito tempo ao longo da história.

cabana do hagrid

A cabana de Hagrid. © JIM KAY/BLOOMSBURY

Jim Kay trabalha como ilustrador há sete anos. Trabalhou na Tate Gallery e no Royal Botanic Gardens Kew. Criador de inúmeras ilustrações para diversas editoras, a sua vida mudou quando ilustrou o livro de Patrick Ness, intitulado Sete Minutos Depois da Meia-Noite (já publicado em Portugal pela Presença). Considera que a conceção de ilustrações para livros é extremamente difícil, o trabalho mais complexo que já teve, sendo esse talvez o motivo pelo qual se dedicou a esta carreira, pode ler-se no comunicado.