A Macedónia começou a construir um muro na sua fronteira com a Grécia para controlar melhor a deslocação de migrantes, constatou um fotógrafo da agência noticiosa AFP no local.

Ainda não é conhecida a extensão da barreira, mas o fotógrafo referiu que o exército está a utilizar maquinaria pesada para erguer um muro de 2,5 metros de altura perto do ponto de passagem usado pelos migrantes, em Gevgelija.

Uma fonte do exército também confirmou à AFP que está a ser erguido um muro, mas não avançou detalhes.

A fonte disse que a passagem da Grécia para a Macedónia, que não é membro da União Europeia, iria continuar aberta e que o muro tem como objetivo assegurar que os migrantes não tentam seguir por outros locais.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Após os atentados de 13 de novembro, em Paris, que provocaram 130 mortos, as autoridades da Macedónia disseram que o exército iria analisar a possibilidade de construir um muro para limitar o fluxo de migrantes vindos da Grécia, mas realçavam que não planeavam encerrar a fronteira.

Dois dos suspeitos de serem bombistas suicidas nos ataques de Paris entraram na Europa através da Grécia, no mesmo dia, em outubro, fazendo-se passar por refugiados a fugir da guerra na Síria, segundo procuradores franceses que trabalham neste assunto.