Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Já está definido o trabalho parlamentar dos ex-governantes de Pedro Passos Coelho, que assumiram na sexta-feira o lugar de deputados. Nenhum vai ficar ligado à área que tutelou.

Assim, confirmou o Observador, a ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, e o ex-ministro da Segurança Social, Luís Pedro Mota Soares, vão para a comissão de Assuntos Europeus, o ex-ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, vai para os Assuntos Constitucionais, o ex-ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, e a ex-ministra da Agricultura, Assunção Cristas, ficam nos Negócios Estrangeiros.

Pedro Passos Coelho, líder do PSD, e Paulo Portas, líder do CDS, não ficam ligados a nenhuma área específica.

Ao todo, regressaram ao Parlamento 19 governantes do anterior Executivo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR