Já não há um ano que termine sem uma lista de best-sellers – isto é, livros maciçamente vendidos, comprados por milhares de pessoas em cada país. Amados por uns, odiados por outros (Alexandre O’Neill, por exemplo, chamava-lhes “bestas céleres”), o certo é que vendem pilhas de exemplares, uns atrás dos outros.

Esta quarta-feira, a Amazon, a maior vendedora digital de livros dos Estados Unidos, deu a conhecer a lista dos 20 livros mais vendidos no seu site em 2015, noticia a CNN. A maioria não deverá estar em muitas listas de melhores livros de 2015 – nenhum consta, por exemplo, da lista dos 10 melhores livros do ano para o jornal The New York Times. Mas estarão todos, seguramente, entre os mais vendidos em solo norte-americano.

A lista é encabeçada pelo thriller “The Girl on the Train” (traduzido em português por “A Rapariga no Comboio”, e editado em solo nacional pela TopSeller), de Paula Hawkins. É o livro de estreia da escritora britânica, que retrata a história de uma alcóolica que um dia acorda ensanguentada e magoada, sem se recordar dos acontecimentos da noite anterior — em que ocorreu um crime que começa então a investigar. Conheça o top 10 abaixo.

1 – The Girl on the Train, Paula Hawkwins (traduzido para português como A Rapariga no Comboio, e editado pela TopSeller)

2 – Grey: Fifty Shades of Grey as Told by Christian, E. L. James (editado em Portugal como Grey, pela editora Lua de Papel)

3 – Go Set a Watchman, Harper Lee (editado em Portugal como Vai e Põe uma Sentinela, pela Editorial Presença)

4 – The Nightingale, Kristin Hannah

5 – Memory Man, David Baldacci

6 – Make Me: A Jack Reacher Novel, Lee Child

7 – Rogue Lawyer, John Grisham

8 – The Girl in the Spider’s Web, David Lagercrantz

9 – Dead Wake: The Crossing of the Lusitania, Erik Larson

10 – Silent Scream, Angela Marsons