As raparigas que formam o grupo de música pop sul-coreano Oh My Girls foram detidas no aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos da América, por suspeita de que pudessem ser trabalhadoras do sexo. As oito raparigas, com idades compreendidas entre os 16 e os 21 anos, foram impedidas de entrar nos Estados Unidos e passaram 15 horas na âlfandega, noticia a BBC.

As adolescentes foram retidas no aeroporto depois de as autoridades terem passado revista à bagagem das cantoras que incluía vários disfarces e adereços, referiu a a editora WM Entertainment em comunicado. “Aparentemente foram confundidas por profissionais do sexo,” referiu um porta-voz da editora. Após o incidente no aeroporto, o grupo acabou por regressar a Seul sem chegar a atuar numa gala em Los Angeles como previsto. A editora afirmou ainda que vai averiguar sobre a legalidade da detenção e se é passível de ação judicial.

O grupo Oh My Girl nasceu em março de 2015 na Coreia do Sul e a deslocação aos Estados Unidos tinha por objetivo principal a realização de uma sessão fotográfica para a capa do novo álbum.