O novo jogo da Santa Casa Placard registou, em três meses, mais de 48 milhões de euros em vendas brutas, sendo já o terceiro jogo social do Estado preferido pelos portugueses, seguido da Raspadinha e do Euromilhões.

Desde o seu lançamento e até 09 de dezembro, o Placard já registou mais de 13 milhões de apostas e atribuiu mais de 33 milhões de euros em prémios, revelam dados do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (DJSCML) enviados à agência Lusa.

Para o DJSCML, o balanço do jogo “é extremamente positivo”: “o Placard registou mais de 48 milhões de euros em vendas brutas, posicionando-se, desde o seu lançamento, em terceiro lugar no portefólio dos jogos sociais do Estado, precedido da Raspadinha (1.º lugar) e do Euromilhões (2.º lugar)”.

Os distritos com o maior número de apostas registadas foram Lisboa, Porto e Braga, tendo já apostado no Placard mais de 400 mil apostadores.

Questionado pela Lusa sobre se as vendas do Placard terão impacto negativo nos resultados do Totobola neste ano, o Departamento de Jogos afirmou que não.

“Apesar da introdução do Placard no portefólio dos Jogos Santa Casa para 2015, estima-se uma variação positiva superior a 7% das vendas anuais do Totobola, o que inverte, inclusive, a tendência de queda dos últimos dois anos”.

Relativamente ao perfil de apostador no Placard, a SCML explica que, por ser um jogo de apostas desportivas, está direcionado a um ‘target’ maioritariamente masculino, entre os 25 e os 55 anos, amante do desporto, do desafio e de emoções associadas aos eventos desportivos.

Segundo a DJSCML, o evento com maior volume de vendas foi o Chelsea ‘versus’ FC Porto, seguido do evento nacional Sporting CP versus Benfica.

O evento com maior número de apostas registadas foi o Bayer Leverkusen ‘versus’ Barcelona, enquanto o evento nacional com maior registo de apostas foi o jogo Braga/Benfica.

A Santa Casa informa ainda que a modalidade desportiva com maior número de apostas registadas foi o futebol (90%).

Já a modalidade de aposta mais escolhida foi a “Combinada”.

Desde o seu lançamento, já fizeram ‘download’ da APP PLACARD — a aplicação móvel do jogo para consulta de listas e eventos e simulação de apostas –, mais de 220 mil utilizadores, posicionando-se várias vezes em 1.º lugar no top de aplicações gratuitas (Android e IOS).

O Placard, que testa conhecimento dos apostadores nas modalidades disponíveis, nas diferentes competições e eventos desportivos, tem um montante base de aposta entre um euro e 100 euros, sendo que o prémio a atribuir varia em função do tipo de aposta.

“O jogo permite que se façam prognósticos associados a uma cota [de base territorial] que, multiplicada pelo montante base da aposta, determina o valor máximo do prémio possível que o apostador poderá ganhar”, adianta o DJSCML.

Os direitos de exploração do novo jogo de apostas desportivas foram atribuídos pelo Estado à Santa Casa em regime de exclusividade.