Quem nunca pulou em cima da cama ou saltou no meio do sofá que atire a primeira pedra. Esta é, provavelmente, a sensação mais idêntica a voar que os seres humanos partilham logo na infância. Em honra desses tempos, e também como uma nova forma de exercício, agora há um espaço em Lisboa que vem concretizar os sonhos de qualquer criança ou adulto. Chama-se Bounce e é o novo parque gigante de trampolins de Alfragide que tem saltos para dar e vender.

Não há sofás — nem colchões — mas há molas e muita espuma. No total, são 3.250 metros quadrados com mais de 100 trampolins interligados onde as leis da gravidade são desafiadas a toda a hora: sobe-se às paredes, pula-se para uma bolsa de ar gigante, fazem-se piruetas com cambalhotas e ainda se dão saltos mortais. Uma dose de adrenalina que todas as pessoas com mais de 1,10 metros de altura podem experimentar por 12€ à hora. Ora comprove:

[jwplatform H2kp8ATI]

Mas atenção: é mais difícil do que parece. Para além de ser exigente a nível mental para manter o equilíbrio e a coordenação, também é um desafio a nível físico. “Um estudo realizado pela NASA descobriu que 10 minutos a saltar num trampolim equivalem a 33 minutos de corrida, estimulam o fluxo sanguíneo e ainda livram o corpo de toxinas”, diz Ant Morell, co-fundador do conceito que nasceu na Austrália.

Embora o salto no trampolim forneça um treino intenso para os músculos e ossos, a almofada absorve 80 por cento do impacto e reduz o risco de lesões nas articulações. Já para não falar que saltar regularmente ajuda a aumentar a taxa metabólica do corpo e a sua capacidade de queimar calorias de forma mais eficiente.”

No total, a Bounce já tem mais de 10 parques espalhados por todo o mundo mas este é o primeiro espaço da marca na Europa. Se já ganhou coragem para começar a pular, basta fazer a sua reserva online ou por telefone. Depois do primeiro salto, a cama e o sofá nunca mais serão a mesma coisa.

Nome: Bounce
Morada: Av. dos Cavaleiros, 35/35ª (Carnaxide), Lisboa
Telefone: 21 269 8400
Horário: De segunda a sábado das 10h às 23h e domingo até às 21h (de 1 de junho até final de setembro + férias escolares + feriados); De segunda a quinta das 11h às 22h, sexta e sábado até às 23h e domingo até às 21h (de 1 de outubro até ao final de maio).
Preço: 12€/hora (é obrigatório o uso de meias antiderrapantes reutilizáveis por 2€)

Texto editado por Ana Dias Ferreira.