O treinador holandês Guus Hiddink vai assumir o comando técnico do Chelsea até final da temporada, substituindo o português José Mourinho, demitido na quinta-feira, anunciou este sábado o clube inglês de futebol.

Esta é a segunda passagem de Hiddink pelo Chelsea, após ter substituído o brasileiro Luiz Felipe Scolari em 2009, depois de o ex-selecionador de Portugal também ter sido demitido.

“Estou muito entusiasmado por regressar a Stamford Bridge. O Chelsea é um dos maiores clubes do mundo, mas não está, de momento, onde devia estar. No entanto, tenho a certeza que podemos dar a volta esta época”, refere o holandês numa nota publicada pelos campeões ingleses.

Em comunicado divulgado este sábado, o representante de Mourinho, a Gestifute de Jorge Mendes, comunicou que o treinador não está a pensar tirar um ano sabático pois não se sente cansado. “Ele está muito positivo e já está a pensar no futuro dele”, garante. Mourinho já estará à procura de clube e vai continuar a viver em Londres com a família.

“Durante a sua carreira, José [Mourinho] tem, por vezes, optado deixar um clube, mas apenas no Chelsea o clube decidiu que ele deveria sair”, lê-se ainda no texto.