Um cidadão estrangeiro procurado pelas autoridades indianas por homicídio e ações bombistas foi detido na sexta-feira no Algarve pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, informou a instituição.

O homem, de cerca de 40 anos e referenciado como “perigoso e violento”, foi detido num hotel do Algarve e sob ele pendia um mandato de detenção internacional para extradição pela Interpol.

O detido, que está à guarda da polícia, foi ouvido este sábado no Tribunal da Relação de Évora e vai continuar detido. O tribunal de turno, que funciona ao fim de semana, validou a detenção e o homem, referenciado como sendo “perigoso e violento”. Este será apresentado na segunda-feira ao Tribunal da Relação de Évora para ser ouvido sobre a extradição pedida pelas autoridades indianas.