Enfeites brilhantes, jantares de amigos secretos dia sim dia sim, música em modo Jingle Bells. O Natal instalou-se mas há por aí programas originais como alternativa. Dezembro está repleto de coisas para fazer, da música à dança, passando pelos petiscos, as escapadinhas na natureza e os programas que envolvem pistas e desafios. Eis algumas ideias para esta semana, de norte a sul do país:

separador_natal_norte

No dia mais curto do ano, celebre as curtas-metragens

No dia 21 de dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido ao solstício de inverno, naquele que é o dia mais curto do ano. Este foi o mote para criar um programa mundial que celebra o cinema no formato mais reduzido: a curta-metragem. Em Portugal, O Dia Mais Curto é organizado pela Agência de Curta Metragem e o Cineclube do Porto. Há curtas durante todo o mês de dezembro, em várias cidades do país. O programa pode ser consultado aqui, sendo que as condições de acesso às sessões são definidas por cada sala.

Ria com o grupo Porta dos Fundos

O grupo humorístico está de volta a Portugal para um conjunto de apresentações da nova peça Portátil. O espetáculo junta Gregório Duvivier, João Vicente de Castro, Luís Lobianco, Gustavo Miranda e muita improvisação. Cada noite começa com uma entrevista com a plateia que dá origem à peça, totalmente improvisada. Há várias datas e locais definidos. Depois de Braga e de Leiria, é a vez de Aveiro (Teatro Aveireinse, dia 19), Coimbra (Teatro Académico de Gil Vicente, dia 20), Lisboa (Aula Magna, dias 21 e 22) e Porto (Casa da Música, dia 23) se encherem de gargalhadas. Cada espetáculo dura cerca de 70 minutos e os preços dos bilhetes variam entre os 18 e os 25 euros.

18816195.jpg

Fotografia de Tiago Petinga/LUSA

Emocione-se com O Lago dos Cisnes

Cenários requintados, figurinos vestidos a rigor e as músicas de Tchaikovsky que continuam a fascinar. A Russian Classical Ballet interpreta uma das obras-primas do bailado clássico no dia 26 de dezembro, às 21h30, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães. Os bilhetes custam 22 euros.

Beba caipirinhas em dezembro, porque não? Aqui há para todos os gostos

Maracujá, uva, manga, caju. Estas são apenas algumas das opções para beber uma caipirinha com sabor a Brasil, no Santa Cachaça. O bar fica no Porto, na rua de Santa Catarina e tem uma decoração a rigor, cheia de papagaios, chapéus e garrafas.

separador_natal_centro

Faça campismo de luxo

Localizado a 925 metros de altitude, em plena serra da Gardunha, o Natura Glamping é um turismo de natureza completamente integrado no meio envolvente e onde pode dormir numa espécie de tendas de luxo que parecem igloos e até têm casa de banho. Aqui pode fazer atividades ao ar livre e conhecer a gastronomia da região, que tem muito mais do que cerejas. Casa do Guarda de Alcongosta. 93 838 7600; geral@naturaglamping. 75 a 150 euros com pequeno-almoço.

11693937_1600047206900087_8449363399819558542_n

Árvores de natal? Sim, mas das verdadeiras. Descubra a floresta

Caminhar, respirar fundo, deixar-se levar pela serenidade da natureza. Há muito para descobrir em Portugal. Trilhos noturnos, trilhos do Oeste, rota saloia, rota das 7 colinas — escolha o seu percurso e deixe-se envolver num programa saudável. Há mais informações sobre grupos organizados para caminhadas na Caminhar em Portugal.

KNUTSFORD, UNITED KINGDOM - OCTOBER 21: Autumnal leaves carpet a woodland floor in the Cheshire countryside on October 21, 2013 in Knutsford, United Kingdom. The mild weather in the United Kingdom has delayed Autumn by up to two weeks according to statistics by The Woodland Trust. Members of the public have submitted their observations to the trust's Nature's Calendar which shows that the traditional Autumn tints are finally appearing on ash, elder, oak and horse chestnut. (Photo by Christopher Furlong/Getty Images)

Foto: Christopher Furlong/Getty Images

Uma manta, uma garrafa de vinho e os copos que precisar. Vá à praia no inverno

Simples e capaz de reforçar energias. Este programa só precisa que escolha um bom vinho, uma manta quente e convide os amigos ou alguém especial num dia solarengo. Uma tarde de praia durante o inverno é sinónimo de tranquilidade. E quem é que não gosta de ir matar saudades do mar?

separador_natal_sul

Recorde o design português de 1960 a 1974

Hotel Mundial, Hotel Estoril Sol, Hotel Tivoli, Hotel Alvor Praia, Cine-Teatro Monumental, Hotel Flórida, Casino Estoril ou Cervejaria Solmar. Conhece estes sítios? Na exposição do designer português José Espinho, no MUDE, em Lisboa, fica a compreender as escolhas do artista que durante muito tempo desenhou para a Olaio na conceção destes espaços. Para além do design e da arquitetura, há a possibilidade de saber mais sobre o trabalho de Espinho nas áreas da documentação e ilustração. A entrada é gratuita.

Ouça Capicua no São Luiz, com água e sal

Em dezembro, Capicua traz um novo conceito de concertos ao Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa: declamar textos de autores portugueses escolhidos pela rapper, ao som de música que tem como base o som da água. O tem a participação de Pedro Geraldes, dos Linda Martini, e tem ainda a particularidade de ter uma dimensão gráfica da autoria de JAS (João Alexandrino), artista plástico do Porto que vai fazer desenhos na areia sobre uma mesa de luz para projetar no palco. O bilhete 12 euros.

Fotografia de Pedro Geraldes

Capicua. Fotografia de Pedro Geraldes

Fuja dos centros comerciais e vá até à Terra do Sempre

A Terra do Sempre fica a 20 minutos do Carvalhal e cinco da vila de Grândola. É um lugar encantado em que cada quarto conta uma história: Alice, Peter Pan, E foram felizes para sempre, Romeu e Julieta, Mil e uma Noites, Tom Sawyer e Robin dos Bosques. Com vista para o campo, os quartos deixam entrar a luz e os sons que caraterizam este ambiente. Há cabanas de madeira sob estacas e uma casa principal decorada com gosto e requinte. Durante os dias que aqui passar, pode provar os produtos da terra, ouvir histórias sobre a zona, contactar com animais e a natureza. O refúgio ideal para fugir da azáfama da cidade por esta altura. Os preços, por noite, começam nos 90 euros, com direito a pequeno-almoço.

11737839_860955947290970_6884861750818979112_n

Troque as comidas pesadas pelos petiscos

E se em vez do bacalhau, do bolo-rei e dos sonhos reunir os amigos para um jantar de não-Natal regado a brindes e petiscos? Em Lisboa não faltam opções de restaurantes especializados naquilo que os espanhóis chamam tapas. Deixamos-lhe alguns deles: Petiscaria Ideal, Taberna Tosca, Matateu, Taberna Sal Grosso, Páteo do Petisco e Fumeiro de Santa Catarina.

11108515_116079195398945_4594166511710639935_n

Vá atrás do mistério: tem 60 minutos para sair desta sala

“A porta fecha-se atrás de si, está trancado na sala…”, assim se inicia o convite da Escape The Room para que entre numa aventura a não esquecer. É um live escape game para grupos e está localizado em Lisboa. Em 60 minutos, a equipa tem de encontrar a saída do quarto em que está presa. Os jogos requerem trabalho intelectual e em equipa e há também algumas (pequenas) partes físicas. O preço de participação é de 50 euros e as equipas podem ter dois jogadores no mínimo e cinco no máximo.

Prepare o cesto e vá fazer um piquenique

Inverno não é sinónimo de estar fechado em casa. Pelo contrário. Fazer piqueniques é uma opção original e barata. Basta escolher o sítio e preparar o cesto. Na Anita Picnic há uns bem giros e já com produtos para a refeição (a partir de 82 euros).

12373289_948164295258474_267244008137186590_n

Fuja do “histerismo coletivo” com os Capitão Fausto

A banda portuguesa dá música no MusicBox, em Lisboa, às 23h00 de dia 25 de dezembro (aquela hora em que muita gente ainda está à mesa a comer rabanadas). Na apresentação da data lê-se: “o desafio é como escrever um texto sobre um concerto de Natal sem falar sobre esse(s) dia(s) de histerismo coletivo, mas damos a missão por perdida logo à partida porque esse tal concerto de Natal é da inteira responsabilidade dos Capitão Fausto, o que significa que histerismo é mesmo a palavra de ordem.” O bilhete custa 8 euros.