Pelo menos uma pessoa morreu e outras 36 ficaram feridas, sete em estado grave, depois de um carro se ter dirigido contra uma multidão em Las Vegas na noite deste domingo, conta a BBC.

Segundo o relato da polícia, acredita-se que o atropelamento foi propositado, mas a hipótese de terrorismo já foi descartada. As autoridades revelaram também que a condutora subiu o passeio em dois ou três locais diferentes, o que contribui para a convicção que este não foi um ato inocente.

Dan McGrath, da polícia de Las Vegas, contou à comunicação social que “neste momento estamos a tratar isto como um ato intencional”, antes de revelar que a condutora era uma mulher de cor negra na casa dos 20 anos. “Esperamos que seja acusada nas próximas horas”.

As autoridades revelaram também que no carro estava uma criança de 3 anos que se encontrava ilesa quando foi encontrada.

Face aos dados conhecidos, Brett Zimmerman, igualmente da polícia de Las Vegas, garantiu que “sabemos que não foi terrorismo”.