Pelo menos 20 civis, incluindo sete crianças, foram hoje mortas na sequência de ataques aéreos do regime sírio de Bachar al-Assad contra uma localidade a sudeste de Damasco, anunciou o Observatório sírio dos direitos humanos (OSDH). Dezenas de pessoas também foram feridas nestes ‘raides’ que atingiram o centro de Hammouriyé, uma localidade da Ghouta oriental, o maior bastião de rebeldes na província de Damasco e regularmente bombardeado pelo regime, sublinhou o diretor da ONG, Rami Abdel Rahmane.

Dois civis foram, por sua vez, mortos por disparos de obus contra a localidade de Douma, a nordeste de Damasco, no momento em que Ghouta oriental era alvo de violentos bombardeamentos das forças do regime, precisou Abdel Rahmane. Os rebeldes atingem com frequência a capital Damasco com obuses disparados desde Ghouta oriental, a leste de Damasco. Em cerca de cinco anos, a guerra na Síria já provocou mais de 250.000 mortos e forçou o êxodo de milhões de pessoas.