O incêndio que ocorreu durante mais de 20 horas no hotel Adress Downtown, no Dubai, foi hoje extinto, mas prosseguem as tarefas de refrigeração do edifício, segundo informou a Direção Geral de Proteção Civil do Emirato.

A entidade informou igualmente que foi aberta uma investigação “para conhecer as causas que originaram o incêndio”, que começou pelas 21:00 de quinta-feira [17:00 em Lisboa], no vigésimo andar do hotel, de acordo com dados existentes.

Apesar de, até ao momento, não ter havido informação oficial concreta sobre as causas do acidente, um alto responsável da Proteção Civil do Dubai assegurou que “foi acidental”, segundo noticiou a agência de notícias estatal, WAM.

Entre as hipóteses colocadas para justificar o incêndio estão a explosão de uma bomba de gás, localizada num restaurante do vigésimo andar do edifício, ou um churrasco no piso 43.

Pelo menos 16 pessoas ficaram feridas na sequência deste incêndio, horas antes dos festejos de Ano Novo.

Um incêndio de grandes proporções deflagrou num hotel de luxo no Dubai próximo da torre mais alta do mundo, e onde as pessoas se estavam a juntar para assistir às celebrações de Ano Novo. As chamas atingiram sobretudo a fachada do edifício de 63 andares.