Cinco aeronaves com cinco mensagens anti-Donald Trump sobrevoaram a cidade de Pasadena, no estado da Califórnia, na passada sexta-feira, num “espetáculo” que durou quase meia hora.

“A América é grande! Trump é nojento”; “Qualquer um, menos Trump”; “Trump é fascista”; “Trump é deficiente” e “Trump é delirante” foram as mensagens lidas por mais de 700 mil pessoas, que participavam e assistiam ao desfile de Ano Novo, em Pasadena (Rose Parade). As fotografias tiradas pelas pessoas que assistiram ao espetáculo tornaram-se virais nas redes sociais.

O canal de televisão CBS News revelou que quem financiou a operação foi um milionário de Alabama, Stan Pate, promotor imobiliário como Donald Trump, que apoia outro republicano na corrida à Casa Branca, Marco Rubio.

“Não há lugar para ele”, disse Stan Pate, citado pela CBS News. “Ele é um homem desprezível” e “eu quero ver a América acordar e dizer que isso não é o que esperamos”, acrescentou o milionário, que promete mais ações anti-Trump.

Esta campanha chega numa altura em que as sondagens continuam a colocar o republicano numa boa posição na corrida para as presidenciais: 17 pontos à frente do seu adversário mais próximo, o senador Ted Cruz, do Texas.