504kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Que fazer em 2016? O criador do Facebook vai construir um robô

Este artigo tem mais de 5 anos

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, já tem uma resolução para este novo ano: vai construir um robô com inteligência artificial para ajudar lá em casa.

i

Justin Sullivan/Getty Images

Justin Sullivan/Getty Images

Ler dois livros por mês, aprender mandarim e conhecer uma pessoa nova todos os dias. Estes foram os desafios autopropostos por Mark Zuckerberg nos últimos três anos. Para 2016, o criador da rede social Facebook decidiu elevar um pouco a fasquia: vai construir um robô “para executar [tarefas] em casa” e para o “ajudar com o trabalho”.

O anúncio foi feito pelo próprio, através de uma publicação na rede social. “O meu desafio pessoal para 2016 é construir uma simples inteligência artificial”, explica Zuckerberg. “Pensem nela como uma espécie de Jarvis, [da saga] Homem de Ferro”, acrescentou.

O projeto é ambicioso e Zuckerberg prefere não entrar em detalhes muito técnicos. Indica apenas que vai “começar por explorar as tecnologias que já andam por aí”. Ainda assim, deixa-nos algumas pistas:

  • “Vou ensiná-lo a compreender a minha voz para controlar tudo em minha casa — música, luzes, temperatura e por aí em diante”;

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

  • “Vou ensiná-lo a deixar os amigos entrar [em casa], identificando as suas caras quando tocam à campainha”;
  • “Vou ensiná-lo a alertar-me caso esteja a acontecer alguma coisa no quarto da Max que requeira a minha atenção” — (Max é a filha bebé do casal Zuckerberg).

No campo do trabalho, o criador do Facebook pretende que o robô seja capaz de o ajudar a “visualizar dados em realidade virtual”, para o ajudar também a “construir melhores serviços” e a liderar os seus projetos “de forma mais eficaz”.

Se será capaz de o fazer, isso já é outra história. Zuckerberg promete partilhar “ao longo do ano” o que for aprendendo com o projeto. “Deverá ser um desafio intelectual divertido, [o de] programar isto por mim mesmo”, conclui.

Every year, I take on a personal challenge to learn new things and grow outside my work at Facebook. My challenges in...

Posted by Mark Zuckerberg on Sunday, January 3, 2016

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.