McDonald’s é sinónimo de fast food, hambúrgueres, preços baixos e não há quase ninguém que nunca tenha entrado num. As cores encarnadas e amarelas são as predominantes sendo que a decoração se vai alterando de tempos a tempos.

Mas agora surgiu um novo conceito que pode baralhar até o mais fiel cliente. Em Hong Kong, 40 anos depois da abertura da primeira loja, abriu o “McDonald’s Next” para ser “moderno e progressivo”, cita a CNN.

Esta não é só mais uma remodelação. As cores, intimamente ligadas à marca desaparecem, dando lugar a um interior metálico e ao preto e branco. E, se as novas cores e ambiente soam a estranho, mais suis generis é a introdução de um espaço reservado a… saladas – longe vão os tempos em que era do senso comum afirmar que o McDonald’s era também sinónimo de comida pouco saudável.

Esta nova oferta é composta por 19 ingredientes diferentes. Para além disto, o novo espaço oferece plataformas de carregamento de telemóveis, Wi-Fi livre e quiosques para atendimento.

Mas não se assuste se, por acaso, este conceito se espalhar até aos lados de cá. O centro continuam a ser os famosos hambúrgueres.