“Mulheres ao volante, perigo constante”, é o que os homens costumam dizer sempre que uma mulher faz uma manobra menos calculada ou conduz demasiado devagar, dando início, quase sempre, a uma discussão sobre rodas. Mas quem conduz melhor? A companhia de seguros Admiral Insurance chegou à resposta tão desejada e a afirmação de cima não passa de machismo infundado. Sim, as mulheres são melhores condutoras.

Segundo o jornal britânico The Telegraph, a companhia chegou a esta resposta com dados recolhidos através dos seus clientes, e há uma série de outras conclusões a destacar no mesmo estudo:

  • “Em média, os homens passam mais tempo a conduzir do que as mulheres e também passam uma grande percentagem do tempo a acelerar. Devido ao facto de passarem mais tempo nos carros, também estão sujeitos a conduzir em situações de risco e durante o mau tempo”;
  • Os condutores que transportam crianças conduzem de forma mais segura do que os que vão sozinhos;
  • Quem conduz um carro a gasolina fá-lo melhor do que quem conduz um carro a gasóleo ou um híbrido;
  • Os condutores mais seguros costumam conduzir um Chevrolet, um Skoda ou um Volvo;
  • Já os menos seguros costumam conduzir um Audi, um Smart ou um Daewoo;
  • Entre os condutores mais seguros encontram-se os reformados.

Estes dados vêm confirmar os que foram obtidos anteriormente pela Privilege Insurance, outra companhia de seguros que também concluiu que as mulheres são melhores condutoras. No caso deste primeiro estudo, as mulheres ultrapassaram os homens não só nos testes a que foram submetidas, como também quando foram observadas a conduzir, de forma anónima, numa das ruas mais movimentadas do Reino Unido.

Apesar de as provas estarem aí, apenas 28 por cento das mulheres acreditam ser melhores condutoras do que os homens e apenas 13 por cento dos homens admitem que as mulheres são melhores.