Três meninas cantam animadas e executam uma coreografia divertida perante centenas (talvez milhares) de pessoas. Podia ser só um espetáculo de uma escola ou uma performance de uma girls band infantil ou de cheerleaders. Mas não. São as três cantoras e bailarinas de Donald Trump.

Vestidas com a bandeira dos EUA, as meninas são as estrelas do novo hino de campanha do candidato republicano. Entre os versos estão sugestões para “esmagar” os “inimigos” da América, ironia sobre as críticas de discriminação que dirigem a Trump e ordens para pôr os “inimigos” no chão. Este é o vídeo da atuação em Pensacola, na Florida, esta semana:

A canção chama-se “Freedom’s Call” (“A chamada da liberdade”) e a ideia é eleger Donald Trump para “acabar com as fraquezas” do país. É um original escrito para o general George S. Patton, icónico comandante do 3º exército na Segunda Guerra Mundial, mas a versão para Trump foi autorizada.

“Desculpas por causa da liberdade? Não aguento isto!
Inimigos da liberdade, vejam esta música!
Vá lá, rapazes! Ponham-nos no chão!”

Aqui estão as meninas antes do espetáculo que se tornou viral: