Os preços dos combustíveis devem cair esta segunda-feira pela primeira vez em 2016, descidas que podem ser de 3,5 cêntimos no gasóleo e 4,5 cêntimos na gasolina (por litro). Estas descidas dos preços de referência, indicadas por fontes do setor ao Diário Económico, estão ligadas à queda do preço do petróleo nos mercados internacionais – que hoje se intensifica depois do levantamento das sanções internacionais ao Irão.

A descida dos preços dos combustíveis, que estará a refletir-se nas bombas espalhadas pelo território nacional, leva os preços para mínimos de cinco anos. Há cerca de cinco anos que o gasóleo não era tão barato, segundo o jornal, ao passo que a gasolina regressa aos preços a que valia no final de 2014. Segundo o Diário Económico, as marcas brancas irão acompanhar as descidas, com uma redução de três cêntimos em todos os produtos.

Pode consultar os preços de referência para os combustíveis, conforme marca e área de residência, no site de informação ao consumidor Preços dos Combustíveis Online.

Nos mercados internacionais, o preço do barril de petróleo Brent caiu esta madrugada para menos de 28 dólares por barril. A retirada das sanções internacionais ao Irão faz prever um aumento da produção petrolífera por parte da Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP). A situação atual no mercado petrolífero foi descrita pelo Observador no texto Petróleo. Quem irá pestanejar primeiro: Putin ou Arábia Saudita?.