A seleção portuguesa de polo aquático feminino conseguiu a primeira vitória no grupo A do Europeu, que decorre em Belgrado, ao impor-se à Turquia por 11-10, em jogo da última jornada.

O triunfo – alcançado com os parciais de 2-2, 3-3, 4-1 e 2-4 — permitiu à equipa portuguesa terminar o grupo na 5.ª posição, à frente da Turquia, que não venceu qualquer encontro.

A capitã Mariana Sarmento e Elisabete Matos, com três golos cada, foram as melhores marcadoras da equipa portuguesa no encontro com a Turquia

Portugal voltará a jogar na quinta-feira, frente à quinta classificada do grupo B — a Alemanha ou a Sérvia – no jogo para atribuição dos nono e 10.º lugares.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Com este resultado a formação liderada por Miguel Pires, diretor técnico nacional, superou o objetivo que se propunha no início desta competição: melhorar o 11.º lugar obtido em Viena de Áustria em 1995.

“Queriamos ganhar muito e ganha-se por um golo. Admito que não foi um bom jogo. As jogadoras assumiram muito a responsabilidade. Somos melhores que a Turquia, mas elas também tem trabalhado para evoluir. A diferença está a diminuir”, disse Miguel Pires, em declarações à assessoria de imprensa da Federação Portuguesa de Natação (FPN).

O técnico lembrou que Portugal foi “a única equipa do Europeu que não realizou estágios ou participou em torneios no estrangeiro antes da competição”, mas considerou que o mais importante foi a equipa ter superado “o objetivo que era melhorar o 11.º lugar”.

Nos quatro primeiros encontros, Portugal averbou quatro derrotas com as suas congéneres da Grécia (27-3), Rússia (21-5), Holanda (28-2) e Hungria (25-0).